Gábor Baranyai costumava trabalhar como personal trainer e também realizava sessões de treinamento para grupos em uma academia. Desde então, ele encontrou algo que o satisfaz e onde ele pode se desenvolver continuamente: ele está trabalhando como desenvolvedor de front-end júnior em uma empresa de médio porte.

 

Eu moro aqui: Szeged, Hungria

Eu trabalho aqui: Minero IT Hungary KFT.

Eu estudei na CodeBerry por: 10 meses

Eu trabalho com: Fujitsu Lifebook A555, Windows 7, IntelliJ, SourceTree

 

Quando perguntam sobre sua profissão, o que você responde?

Depende de quem estiver perguntando. Se for um profissional da área, eu digo que sou um desenvolvedor frontend. Se for um leigo, minha resposta é que sou programador ou desenvolvedor de software.

 

O que você fazia antes de mudar para o desenvolvimento web?

Eu costumava trabalhar em tempo integral como personal trainer e realizava sessões de treinamento em grupo em uma academia funcional. Eu ainda ofereço estas sessões de grupo, além de trabalhar como programador.

 

Por que você decidiu começar a estudar desenvolvimento web?

Eu sempre tive interesse em web design, em como e por que um site tem sua aparência. Além disso, a página da academia foi parcialmente gerenciada por nós, treinadores, então passei muito tempo escrevendo e projetando nosso blog no WordPress, que eu realmente gostava. Eu vi uma boa oportunidade no Facebook, onde eles anunciaram um curso de desenvolvimento online. Eu procurei, e eu sabia que eu tinha que dominar os prós e contras desta profissão nesta plataforma ou, pelo menos, o básico disso. Foi o anúncio da CodeBerry.

 

Como você aprendeu programação? Que tipo de cursos, livros, etc. você usou?

Depois de ver o anúncio mencionado acima, comecei a estudar no curso on-line da CodeBerry em setembro de 2016 e, depois, adicionei os cursos da Codecademy e da Udemy aos meus recursos de aprendizado também. Pesquisei e aprendi linguagens de programação específicas em sites de compartilhamento de vídeos.

 

O que a CodeBerry ofereceu a você? Como foi estudar na nossa escola?

Foi muito útil. Gostei muito do seu sistema de assinatura mensal, pois assim eu poderia estudar no meu próprio ritmo. Eu amei as explicações, os exemplos através dos quais as tarefas são apresentadas.

Mesa de Trabalho

 

Você tem alguma experiência, dicas ou truques para compartilhar com aqueles que estão apenas começando seus estudos?

Acho muito importante aprender bem o básico e revisar as lições anteriores para ver as conexões e poder colocar o novo material no contexto. Revisão é crucial.

 

Conte-me um pouco sobre onde você trabalha agora, quais são suas tarefas. O que você faz em um dia ou semana normal?

Atualmente, trabalho em um escritório de uma empresa sediada em Budapeste, em Szeged. Estamos desenvolvendo um projeto interno no qual lido com o front-end, composto de HTML, CSS e JavaScript. Chego ao escritório por volta das 8 da manhã e saio às 5 da tarde. Quando saio do trabalho, eu faço alguns treinamentos comigo mesmo ou realizo treinamentos em grupo, para que eu possa enfrentar o próximo dia de trabalho energizado e revigorado.

 

Com quem você trabalha e como eles ajudam no seu trabalho?

Atualmente, há cerca de 20 pessoas trabalhando no escritório. Eu tenho um mentor me ajudando com o meu progresso, que também supervisiona o projeto em que estamos trabalhando.

 

Com que tipo de softwares, ferramentas ou tecnologias você trabalha atualmente?

O ambiente de desenvolvimento é o IntelliJ, para o controle de versão usamos o SourceTree e para o repo, usamos o BitBucket. No projeto, utilizamos HTML, CSS (SCSS), jQuery, AngularJS, Material Angular e FUSE.

 

Por quanto tempo você procurou um emprego? Foi difícil encontrar um lugar para trabalhar?

Na verdade, eu ainda estava estudando quando meu amigo sugeriu que eu enviasse meu currículo para a empresa em que ele trabalha. Eles me convidaram para uma entrevista, e algumas semanas depois eles me ligaram dizendo que gostariam de trabalhar comigo, baseado no meu desempenho.

 

Como foi o processo de entrevista?

Depois de uma breve introdução da empresa, a entrevista continuou em inglês, e foi a minha vez de me apresentar, falar um pouco sobre minha vida pessoal e sobre como e onde aprendi programação, também em inglês. Isto foi seguido por uma parte técnica, onde eles avaliaram meu conhecimento e me deram alguns testes lógicos para resolver. A entrevista inteira levou cerca de uma hora.

 

Você tem algum conselho para aqueles que querem se preparar para uma entrevista de emprego?

É muito importante que tudo que você diz seja positivo. Mesmo que algo negativo surja, tente falar sobre isso de um ponto de vista positivo. Sempre fique confiante e mostre que você é capaz e está disposto a melhorar em qualquer campo.

 

Qual é o próximo passo para você? Que direção você está tomando?

Eu quero saber o máximo possível sobre o desenvolvimento do frontend e ter um gostinho do desenvolvimento de backend, assim como ver e entender todo o processo de background.

 

Em nossa série “Histórias de Estudantes”, conversamos com nossos alunos que conseguiram encontrar um emprego como desenvolvedor.

 

Você gostaria de aprender a programar? Venha e experimente nossas primeiras lições gratuitamente na Escola de Programação CodeBerry.